Moda é uma arte.
Moda é um universo de misturas que vai desde o fato de se criar uma peça de roupa até a influência no comportamento das pessoas.
Uma influência um tanto perigosa e delicada, pois, por mais que os padrões de moda e beleza sejam impostos pela sociedade, não devemos seguir a risca, devemos adaptar a nós, as nossas necessidades e acima de tudo observar nossos limites pessoais. Mas essa questão do comportamento, será tratada num próximo tópico.
A criação de uma peça de vestuário, por mais simples que seja, pode ser considerada uma arte, pois, requer antes de mais nada criatividade para imaginar e desenvolver determinada peça.
Pensar em criar um vestido pode parecer fácil, mas desenvolver a idéia, se aprimorar nos detalhes, nos muitos detalhes, requer uma criatividade mais perspicaz, fora a dedicação e a buscar por conhecimentos no ramo e por novas idéias para se apresentar algo diferente. Não é apenas escolher o tipo de tecido – que são inúmeros, e a cor desejada, mas principalmete trabalhar no passo-a-passo minuciosamente, formular todo o acabamento. Pode-se dizer que nossas avós ao imaginarem aquele vestido florido e irem desenvolvendo a sua confecção tendo todo o cuidado para que ficassem perfeitos aos olhos, atentas aos mínimos detalhes, são verdadeiras artístas da criação.
Quando ouvimos pessoas que fazem um pré-conceito a respeito do tema moda, julgando como futilidade, ou até inutilidade, podemos dizer que não conseguem ver além do ilusionismo de uma passarela de desfiles – moda não é só isso! Essas pessoas não enxergam a verdadeira indústria de criação de artístas inovadores e criativos, e até mesmo alguns que vão além e criam trabalhos quase que inexplicáveis para leigos no assunto, mas que mesmo assim lançam tendências para as ruas. Querendo ou não a moda afeta todos nós.
O estilista francês Yves Saint Laurent após muitas pesquisas desenvolveu exclusivamente para uma coleção um novo tom originado da cor azul o qual denominou “cerúleo”. Que para você pode não fazer diferença alguma, mas esta pode ser a cor daquela sua peça de roupa favorita, o coringa do seu armário, aquela que você não sai de casa sem ela, e que você a tem graças ao trabalho de um artísta da criação de vestuário. Pessoas que dedicam-se intensamente ao trabalho ficando por vezes obcecadas em busca da perfeição pra que possamos encher os olhos e nos extasiar com materiais lindos.
Os profissinais dessa área, em todos os segmentos, não trabalham apenas envolvidos no glamour, concerteza não é nada fácil ser editora de uma revista Vogue, além de um gosto maravilhoso, deve-se ter muita paciência e atentar-se minuciosamente em cada aspecto que influenciará um milhão de pessoas. Também não é nada fácil criar coleções inteiras para as passarelas, como o estilista Galliano, por exemplo, que produz em média mais de uma por mês, ou seja, dedica sua vida exclusivamente a criação de peças que chegarão até você e que possivelmente você terá vontade de tê-las em seu armário.
Antes de considerar futilidade, analise e descubrar essa arte que através da criação de roupas envolve imaginação e criatividade, tentando passar aquilo que o estilista tem em mente para expressar idéias e ideais.
Uma arte que de fato, mesmo que de forma singela para alguns, de muito importância para outros e até despercebida para alguém, faz parte do nosso cotidiano, seja se envolvendo diretamente no universo da moda, seja no comportamento perante os demais, ou mesmo na camiseta favorita.